Setor automotivo: R$ 47 bilhões jogados no ralo

Setor automotivo: R$ 47 bilhões jogados no ralo

Um estudo realizado pela startup Cogtive, a pedido da revista Auto Data, revelou que a indústria automotiva nacional apresenta um desperdício anual de R$ 47 bilhões. Esse montante representa cerca de 2% do PIB brasileiro em 2022, um valor impressionante que evidencia a urgência de ações para reduzir o desperdício na indústria automotiva.

O desperdício é gerado por diversos fatores, como processos de produção ineficientes, filosofias de trabalho inadequadas e outras metodologias que não favorecem a otimização da produção. Esse desperdício é o que Reginaldo Ribeiro, presidente e fundador da Cogtive, chama de “capacidade oculta”, ou seja, a capacidade produtiva das fábricas que não é explorada devido à falta de identificação de gargalos e outras oportunidades de melhoria nos processos produtivos.

Essa capacidade oculta é especialmente relevante quando se considera que, muitas vezes, as montadoras operam abaixo da sua capacidade máxima, o que significa que há margem para produzir mais sem a necessidade de aumentar o quadro de funcionários ou expandir a capacidade instalada. Como exemplo, Ribeiro sugere que uma montadora que produz 1.000 carros por mês poderia produzir 1.300 carros mensalmente se fossem eliminados os desperdícios identificados no setor.

A redução do desperdício na indústria automotiva pode trazer benefícios significativos para as empresas do setor. Além de aumentar a capacidade produtiva sem a necessidade de investir em novas instalações ou contratações, a redução do desperdício pode levar a um aumento expressivo na lucratividade. Com o faturamento 30% maior, as empresas podem investir em novas tecnologias, expandir sua presença no mercado e oferecer mais benefícios aos seus funcionários.

A tecnologia tem um papel importante nesse processo de redução do desperdício. Por meio de ferramentas de análise de dados e automação de processos, é possível identificar com mais precisão os gargalos e oportunidades de melhoria, aumentando a eficiência da produção. Como destaca Ribeiro, a tecnologia tornou-se uma aliada importante na identificação da capacidade oculta e na exploração do seu potencial.

Ver mais em Programas

WHATSAPP 92FM!
+55 48 98441-0010